segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

AVENAL

Desafiado pelo Toino Tchim
Um amigão, afinal
Bastantes dias, vinha, cavei
Na quinta do Avenal
Montados nas bicicletas
Íamos pelo Toxofal
Ali na padaria
Na do Carlos padeiro
Ainda madrugada
Adquiríamos o casqueiro
Da primeira fornada
Tomávamos o “Mata-bicho”
A manhã despontava
De bom vinho
A velha cornada
Dizia o caseiro:
Quem se negue, não é homem
Não é nada!...
A seguir iniciava-se a jornada
O caseiro estimulava
A cada nova rodada:
Quem se negue não é homem
Não é nada!...
Mais vinho servido na canada,
O copo feito de corno de boi
Passara a alvorada.

Daniel Costa

77 comentários:

NAELA disse...

Daniel poema com uma musicalidade que nos leva ao bom humor portugues!
Gostei como sempre
Beijo doce

Val Du disse...

Oi, Daniel.
Descontração e bom humor nesse teu poema.

Como carecemos de bom humor nesses dias atuais.

Um beijo.

mundo azul disse...

...que delicia, ler o seu poema!!!


Gostei muito, muito mesmo!


Beijos de luz e o meu carinho...

intimidades disse...

hehe adorei

Jokas


Paula

EternaApaixonada disse...

*****

Querido amigo Daniel,

a riqueza de detalhes é uma característica sua e nos fez passear pela Quinta do Avenal.
Lindas lembranças!

Beijos e ótima terça.

*****

Laura disse...

Agora o que nos valia era a padaria dot eu amigo, pão a sair do forno com manteiga a derreter, um cafézito e matavamos o frio que se sente....beijinhos da laura..enregeladinha, mas com o sol a bater em cheio no lugar onde está...

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Daniel.

Nossa mudou tudo.
Está ótimo. Bem mais alegre.
E o importante, continua com seus textos maravilhosos.

Boa semana para você.

Beijos mil! :-)

marlinda disse...

Vim aqui dizer-lhe que mudei tudo, a minha foto, a temática do Blog - publiquei um soneto de António Ferreira - , que está voltada para literatura, sobretudo poesia.
Visite-me:
http://docesspoemas.blogspot.com
Um beijo,
Marlinda (ex-Lucienne)

xistosa - (josé torres) disse...

Afinal nem todos sentem a crise.
Mudar de casa, nesta altura, só mesmo para banqueiros fugidos à justiça.
(justiça que não há, nem vai haver, mas não é só para eles).

Fez-me bem estar doente, encontrei os amigos bem na vida.
Está agradabilíssimo.
Não me leve a mal com a ironia.
Mas até a cor condiz ... nasceu há pouco e ainda está verde ...
(no aspecto, como é lógico!)

Bons tempos do "casqueiro" que agora ninguém sabe fazer, mas só por estas pequenas coisas, porque a actualidade ... não é só a liberdade, é tudo.
Há cinquenta anos a publicidade ao tabaco era feita por médicos!!!

Belo poema da intimidade vivida que nos presenteia com as suas, (algumas, também nossas), memórias e recordações.

Parece-me que agora é para ficar.
Já saí debaixo do mundo que me soterrou.
Obrigado pelo cuidado demonstrado.

mariam disse...

Daniel,
adorei este poema,
GENUÍNO!

um grande abraço e um sorriso :)
mariam


upss não era suposto eu ir ao outro lado? descobri por casualidade... se sim, voltarei :)

Ana Martins disse...

Caro Daniel,
gostei muito mesmo.
Um poema divertido e com sonoridade.

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
e recordar é viver,
banal mas verdadeiro,
,
abraço
,
*

marlinda disse...

Hoje postei um sonteo de um poeta baiano. Voc~e vai ao meu Blog, não vai?
beijos,
Marlinda

marlinda disse...

Estava inspirado quando esveu esse poema, não estava?
Vá o meu Blog hoje, pois postei um soneto de um poeta do Grão-Pará.
Beijos,
Marilinda

Tentativas Poemáticas disse...

Amigo Daniel
Só a malta da nossa faixa etária para dar valor aos antigos valores.
Poesia deliciosa, divertida e com cunho histórico. Parabéns.
Um grande abraço.
António

ANA DINIZ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ANA DINIZ disse...

Q delícia de vinho, senti o aroma da excêntrica taça mesclado à bebida... uvas portuguesas... Amo o vinho de vcs!

Uma sóbria viagem pelo espaço-tempo... Estive por lá em Espírito e afeto...


Bjos, amigo!

Ana

EternaApaixonada disse...

*****

Daniel,
bom te ler no meu blog!
Vim te deixar um beijo.

*****

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Daniel:
Estou aqui para lhe dizer que tenho mais um Blog, onde faço postagens de poesias traduzidas por mim, publicadas em livro ou inéditas.
O endereço do Blog é:
http://docesspoesias.blogspot.com
Apareça por lá.
Um beijo,
Renata

Olhos de mel disse...

Belas lembranças, meu amigo lindo, desenhando esse belo poema!
Bom final de semana! Beijos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Daniel:
Fiz postagem no Galeria. E não se esqueça de ir nos meus outros 2 blogs:
poemas e canções
http://poemasscancoes.blogspot.com
e doces poesias:
http://docesspoesias.blogspot.com
Um beijo,
Renata

marlinda disse...

Daniel:
Hoje eu postei um soneto tão lindo e só uma pessoa foi me visitar. Visite-me e visite a minha grande amiga Renata que postou no Galeria e nos outros blogs dela.
Beijo meigo,
Marlinda

Mariazita disse...

Olá, Daniel
Mais recordações...em forma de poema.
Muito interessante!
Gostei.
Beijinhos
Mariazta

ANA DINIZ disse...

Dei resposta ao teu comentário.

Faço questão q leias para tirar as tuas dúvidas a respeito do meu poema.

bj

Cristiana Fonseca disse...

Mágivas palavras, bela poesia
Abraços,
Cris

Mariana disse...

Olá, querido amigo, poema gostoso de se ler.
Gostei muito.
Vc é um homem sensível.
Gosto disso.
Um beijo e um ótimo final de semana.

jo ra tone disse...

Daniel,
Poema muito típico dedicado àqueles que trabaharam duro a ganhar a jorna.
Conheço esses termos d'alguém que ia para a zona do Bombarral cultivar as vinhas e limpar as valas.
Gostei
Abaço

ANA DINIZ disse...

Querido.

Fico contente de vc ter compreendido um pouco mais sobre mim. Sei q às vezes é complicado... Mas, mesmo apresentando algumas diferenças, procuro ser como sou, no meu blogue, aqui, em outras partes, onde o regime permitir. Aprendi, caindo e levantando. E continuo aprendendo... Acho que não vou parar de aprender tãããooo cedo... Aprendo tanto contigo, vc é tão especial, possui um coração precioso.

Fica com Deus, querido.

Uma amiga q te ama e admira,

Ana.

ANA DINIZ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ANA DINIZ disse...

Daniel.

Preciso do seu e-mail. Estou querendo dividir contigo um fato especial q me aconteceu.

Vc me ajudou tanto.

Vc excerceu um papel muito forte agora.

Coloca o seu e-mail no meu painel. Como tenho moderação de comentários, só eu verei.

bj

impulsos disse...

Vinho pela madrugada?!
E depois ainda havia forças para enfrentar o dia?

Retalhos de passagens da vida que o tempo não apagou e nem podia!

Muito bom poema, Daniel.

Beijo

Lyra disse...

Gosto muito de te ler.

Um excelente fim-de-semana para ti.

Beijinhos e até breve.


;O)

Lyra

SAM disse...

Ah, que delícia de texto!

Grande beijo, Daniel!

Avid disse...

belissimo...adoro as tuas nuances de palavras com melodia. bem conseguido.
Bjs meus

Círculo Literário disse...

Cheio de bom humor, melodia e criatividade!!!
Abraço!!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Daniel:
Fiz um post de Natal aos meus amigos e a citei expilicitamente e foram poucos os citados. Quero que vc vá lá e veja.
Um abraço,
Renata
PS: Está no poemas e canções

Olhos de mel disse...

Oie lindinho, olha eu aqui. Vim lhe ver e deixei beijinhos...

Olhos de mel disse...

Oie lindinho, um poema com cheiro de campo, de saudade...
Lindo, meu amigo!
Boas festas! Beijos

Bill Stein Husenbar disse...

Nesta época natalicia, desejo um Feliz Natal recheado de momentos bons e inesqueciveis na companhia dos que mais ama. Que a alegria e a esperança se espalhe e se concretizem no coração de cada um de nós.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Daniel:
Publiquei no Galeria e nos meus outros Blogs. Apareça.
Beijos ternos,

Olhos de mel disse...

Meu amigo lindo! FELIZ NATAL e um NOVO ANO de paz, saúde e prosperidade! Que possamos ver um mundo menos desigual e mais unido!
Beijos

Marta Vasil disse...

Hoje só para desejar um Natal com muita harmonia.

Um abraço

MV

Tentativas Poemáticas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tentativas Poemáticas disse...

Caro amigo Daniel
Muito obrigado pela sua amizade.
Um grande abraço.
António

Lyra disse...

Venho desejar um Feliz Natal, cheiínho de prendinhas e um Excelente 2009, replecto de carinho, boa disposição e sucesso!

Beijinhos de Boas Festas

Lyra

;O))))))

Sandra Daniela disse...

_________________ ★
_________________Paz

________________União

_______________Alegrias

______________Esperanças

_____________Amor.Sucesso

____________Realizações★Luz

___________Respeito★Harmonia

__________Saúde★..Solidariedade

_________Felicidade ★...Humildade

________Confraternização ★…Pureza

_______Amizade ★Sabedoria★.Perdão

______Igualdade★Liberdade...Boa-sorte

Anja Rakas disse...

Rasgam-se as nuvens no céu estrelado,
invade-se a vontade de gritar,
o Sol mantém-se ao longe...calado,
ouvindo o som do belo luar.

A fada desperta do sono encantado,
com a sua harpa de sonho a tocar,
o sol dormindo...sonha deleitado,
vislumbrando ao longe um novo acordar

Surge então um novo céu...a nevar
de noite e durante a madrugada,
O sol mantém-se coberto a sonhar
com estrelas e com a sua amada...

Ouve-se ao longe um galo a cantar,
adivinha-se o nascer de um novo dia,
A lua vai-se embora a chorar,
mas o Sol...desperta com alegria.

A lua adormece por fim.
Mas o Sol nada leva a mal,
pois ama a Lua tanto assim,
que voltará a encontrá-la num sonho de Natal...

By Desconhecido.

Não são minhas as palavras, mas bem que poderiam ter sido.

beijos

Celia Rodrigues disse...

Feliz natal!!! Feliz ano novo!!!

Pascoalita disse...

Continuação de Boas Festas (desculpa só vir agora, mas o meu PC foi assambarcado e além disso andei fazendo de pasteleira eheheh

Tudo de bom, sempre

Volvarei quando tiver um pouquinho mais tempo livre, isto é quando os dias tiverem mais horas eheheh

Olhos de mel disse...

Oie lindo! Passando para lhe ver e deixei beijinhos...

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Poema lindíssimo, com um ritmo que nos embala.
Querido:
Postei nos meus 4 Blogs e gostaria que vc fosse apreciá-los A sua opinião é muito importante para mim.
Um beijo,
Renata

Bandys disse...

Daniel,
Estou viajando mas não poderiaa deixar de passar aqui pra desejar:

A saúde para dar e vender.
A paz para entregar e acolher.
O carinho para doar e receber.
A ternura para brotar e ceder.
A paciência para acalmar e convencer.
A tranqüilidade para conservar e converter.
A consciência para constatar e compreender.
A solidariedade para despertar e oferecer.
A esperança para desdobrar e alvorecer.
A lembrança para recordar e entender.
O dinheiro para ganhar e precaver.
A coragem para enfrentar e combater.
O sucesso para alcançar e engrandecer.
O otimismo para elevar e transparecer.
A fé para acreditar e permanecer.
O sonho para determinar e percorrer.
A saudade para lembrar e não perder.
O amor para cativar e bem querer.
A amizade para emanar e florescer.
E um tudo de melhor para viver...

São meus desejos para vc!!
Beijos um super 2009!

Olhos de mel disse...

Meu amigo querido!
FELIZ ANO NOVO!
Que ele seja de luz em seus caminhos,
que a paz seja cada vez mais possível
e o amor e justiça renasçam nos corações
da humanidade!
Obrigada pela nossa caminhada, por me
permitir fazer parte de seus amigos.
Beijos

Lucy Lordelo disse...

olá!!
Passando pra desejar um 2009 inundado das bênçãos de Deus.
Um grande abraço, Lucy.

mariam disse...

Daniel,

um FANTÁSTICO 2009! lhe desejo.

um abraço e o meu sorriso :)
mariam

anareis disse...

Boas entradas de ano.Estou fazendo uma campanha de doacões pra montar uma minibiblioteca comunitaria na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todos.Doacões no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abencoe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

jo ra tone disse...

Um Bom Ano
Abraço

daniel milagre disse...

Deixei de postar neste primivo blogue, crei novo com o mesmo nick, é:

http://www.blogger.com/profile/18365468956488759820

Daniel Costa

Iana disse...

Amigo querido

“Ninguém conhece os mistérios da vida,
nem seu significado definitivo,
mas, para aqueles que desejarem
acreditar em seus sonhos e em si mesmos,
a vida é uma dádiva preciosa
na qual tudo é possível”.
Beijo no seu coração!

da sua rosa amiga
Iana!!!

Olhos de mel disse...

Oie lindo, passei para lhe ver e deixei beijinhos...
Boa semana!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Daniel, já comentei o sue lindo post.
Convido-o para ir nos meus blogs, pois tenho quatro e publiquei em todos:
http://wwwrenatacordeiro.blogspot.com
http://poemasscancoes.blogspot.com
http://docesspoesias.blogspot.com
http://tristoeisolda.blogspot.com
Ficaria muito honrada com a sua visita. Não é preciso ir a todos os blogs, basta escolher um.
Um abraço,
Renata Cordeiro

Anja Rakas disse...

Entraste bem...saíste bem...estás vivo.

Bom ano pra ti

Nanda Assis disse...

oi voltei saudades.

bjosss...

Lucy Lordelo disse...

As regras de ortografia da Língua Portuguesa podem até mudar, mas unificar o significado q as palavras têm entre nossos países, IMPOSSÍVEL!!! E isso é encantador!!! Li seu poema e vi isso na prática. D+++++!!
Um grande abraço.

Olhos de mel disse...

Oie lindinho! Boa semana! Beijos

Anja Rakas disse...

Adoro bicicletas.
E vinho na alvorada me traz paz mancada.

Sabes q gosto daqui ne?!

beijao

Tentativas Poemáticas disse...

Amigo Daniel
Continuo a procurar nova publicação. Por favor diga qualquer coisa, ok?
Um grande abraço.
António

Roderick disse...

Imagino!!!A alvorada!!!!

Anja Rakas disse...

Matabicho..expressão típica cá da terra.

Bjs

Auréola Branca disse...

Férias ou despedida???

Olhos de mel disse...

Querido Daniel; um passeio que me fez acompanhá-los em sonhos. Porque suas escritas nos encantam.
Boa semana! Beijos

rouxinol de Bernardim disse...

Musicalidade e poesia autentica de braço dado, numa osmose perfeita.
Parabéns caro Daniel.

Iana disse...

Há tanto tempo que cá não vinha deixar meu perfume e minhas flores frescas...

Senti saudades de tudo e de todos... por isso, voltei!

Beijos meu caro e admirado amigo...

Sua rosa amiga
Iana!!!

Fernanda disse...

Amigo Daniel!

Poema de sabor a terra, a campo por cavar e a merenda com muito vinho a acompanhar.
Era assim o nosso Portugal.

Beijinhos,

Fernanda disse...

Querido amigo Daniel.

Também eu tina saudades dos seus poemas.
Obrigada por me ter encontrado e pelo belo comentário lá em casa.

Voltarei, agora que já nos reencontramos será mais fácil.

Bom Carnaval
Beijinho

Jose Ferreira disse...

Amigo Daniel

Sabor diferente e muito aroma a vinho, que nunca fará nenhum homem mais homem :)

Beijinhos

nacasadorau disse...

Amigo Daniel!

Tudo indica que nos perdemos um pouco ao longo deste ano que agora finda.
Espero voltar a encontrá-lo nestes caminhos virtuais e merecer a sua amizade.

Beijinho e Bom Ano, apesar de todas as previsões em contrário.