sábado, 8 de novembro de 2008

POEMA AREIA BRANCA

AREIA BRANCA

Chamou-se praia da Charrua
Quando a povoação estava nua
Depois Areia Branca
Sazonalmente ali trabalhei
Não devia dizer eu sei
Serventia a pedreiros dei
As primeiras paixonetas
Um pouco a vida ali amei
Olhava a passagem de miúdas
Vinha a sopeirita fardada e bonita
Também a sopeira matrafona
Ares de Dona
Nada de beleza
De observação em observação
Belo tempo de Verão!...
Naquele o Vigia foi erguido
Lá estava ele, entre a terra e mar
Em jeito de vigiar areias
Mulheres bonitas e feias
Diria democrata
Reservado a gente de gravata
Jogava e se divertia
Confraternizava e a noite vivia
As marés e praia vigiavam de dia
Ali amei e deixei amores
Trabalhei e vivi meus senhores!

Daniel Costa

21 comentários:

EternaApaixonada disse...

*****

Bom dia Daniel!
Acordei.. Aqui são 07:40, horário de verão, em pleno sábado... Vontade de ficar um pouco mais na cama...;)
Mas o Poema Areia Branca me esperava!
Acordei a preguiça e cá estou... Creio que voltarei mais tarde, pois as pestanas ainda querem se fechar... risos
À princípio irei conhecer mais um pouquinho de você e de sua terra...
Beijinhos carinhosos e até...
Helô

*****

Pelos caminhos da vida. disse...

No comeo dessa manhã fui presenteada com esse belo poema,obrigado amigo.

Fim de semana com muita luz.

beijooo.

Laura disse...

Viveste
amaste
sofreste
e o que é isso
senão da vida
uma benesse!...

Beijinhos e um fim de semana maravilhoso, mesmo com frio, com castanhas e vinho abafa-se o friinho que nos entra nos ossos...

Sandra Daniela disse...

Lindo!

A areia... já sinto saudades de a tocar!


Um beijinho e bom fim de semana!!1

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Em pleno domingo, esse poema é um alento para que eu continue, não desista. Também postei, amigo. Gostaria muito que fosse deixar a sua opinião.
Um beijo,
Renata

Val Du disse...

Vida vivida.
Que maravilha!

Até mais.

Poemar disse...

Que bonito, Daniel!

Na Paraíba tem uma praia com esse nome: Areia Branca, e é belíssima, assim como o teu poema!

* Beijos pra ti!

Gerlane disse...

Vida intensamente vivida e em belos versos tecida.


* Beijos, Daniel!

EternaApaixonada disse...

*****

Olá meu amigo Daniel!

Obrigada por estar pertinho dos meus blogs! Seus comentários me fazem feliz!
A diferença de fuso horário é atualmente menos uma hora, devido o horário de verão, que ocorre entre outubro a janeiro (um verão antecipado em plena primavera, visando economizar energia...).
Lisboa (Portugal) está à frente, creio que três horas agora... Então quando escrevi já eram 10:40 aí.
E agora são 21:56, apesar do marcador do blog acusar outro horário...
Li o poema de novo, mais lúcida... E mais uma vez saio enriquecida.
Você tem um dom especial! Obrigada por compartilhar com seus amigos leitores!
Desejo uma noite linda e um domingo muito doce!
Como os beijinhos que deixo aqui ao amigo...
Helô

*****

Mariana disse...

Um ótimo domingo pra vc.
Beijo

poetaeusou . . . disse...

*
daniel,
vivi em peniche,
e ao ler-te, o que tirei
do meu imaginário, foram
recordações ligadas aos
viveiros de lagosta abundantes
na zona e imaginar-me a
saboreá-las ao preço de então,
,
não tem nada de romântico ?
pois não . . .
,
olha . . .
um abraço com sabor
a jaquinzinhos,
,
*

mariam disse...

oh!Dqaniel,
tão bonito!
um poema vida, canto... o seu!
gostei muito.

bom fim-de-semana
um grande sorriso :)
mariam

Anja Rakas disse...

Aaahh então fostes feliz.
Diz-me as coordenadas desse paraíso.

Beijo

Tentativas Poemáticas disse...

Olá amigo Daniel
Então quer com este poema significar, tal como diz o Malato:
"Já fui muito feliz na Praia da Areia Branca!"
Parabéns.
Um grande abraço.
António

Marta Vasil disse...

Que belo quadro traçou da maneira como viveu a sua praia de ontem. Como seria hoje?...

um beijo

MV

Liz / Falando de tudo! disse...

original este seu poema, uma mistura de estoria de vida e realidade, goste!

mundo azul disse...

Gostei da sua narrativa poética!
Muito bonito!!!


Beijos de luz e uma semana feliz, amigo...

SÓ EU disse...

Daniel:
você não vai ao meu blog hoje?
Beijos da Lu

Maria Dias disse...

Olá...

Areia branca...Q bonito a tua lembrança em forma de poesia!

Beijinhos

Maria

Ana Martins disse...

Olá Daniel,
Esse " Poema Areia Branca " conseguiu colocar em meus olhos a poesia em imagens, muito lindo!

Beijinhos

Avid disse...

Gosto do teu lado "poesia" dessa veia que ferve tambem em versos.
Bjs meus