domingo, 21 de setembro de 2008

CURRICULUM - POEMA

CURRICULUM

Para subir na sociedade
Cheguei a perito em anúncios
A própria modéstia constrangia-me
Seria um princípio, a tenra idade?

De facto, continuo sendo modesto
Floresceu da minha condição
Há por outro lado a hipertensão
Esta esvoaçava, soltava-se o gesto

Ficava outro, talvez eu
Empolgava-me, falava
Sem falar de mim, dizia o que convinha
O emprego era meu

Curriculum até tinha
Provei-o sempre
Para continuar a subir
Só entrava noutra linha

Novo, trabalho, novo sucesso
Até que um dia, um convite
Um engano, uma insensatez
Seria progresso?

Sem trabalho não podia
Num suspiro fundo
Uma pequena pausa
Ténue paragem de um dia
Enfim o curriculum até valia

Creio que julgaram mal
Os que vieram depois
Além de curriculum
Não estava ali um pão sem sal

Encarnava a infinita bondade
Podia ter espalhado dúvidas
Fazendo certas revelações
De espantar a máxima autoridade

Não aquele antro clerical
Sem interferências, viria a acabar
O previsível deu-se
A mentira publicitária
Não terá sido o menor mal

Daniel Costa

22 comentários:

Marta disse...

Interessante o poema, verdadeiro...
Ás vezes, não se vê o que é essencial...
Obrigada pelo comentário - este poeta é original na escolha dos títulos dos poemas..
Beijos e abraços
Marta

O Sussurrar do Corpo disse...

Palavras belas e verdadeiras...
Um sussurro

Cadinho RoCo disse...

Pelas voltas que a vida dá aprendemos a conviver até com o inesperado.
Cadinho RoCo

Bandys disse...

DANIEL,
MUITO BOM, ADOREI.
AINA ESTOU ESCREVENDO POUQUINHO..
BEIJOS

poetaeusou . . . disse...

*
a verdade
por onde
passaram muitos,
ou ficaram . . .
ou disseram . . . não,
ou sumiram-nos . . .
,
abraço
,
*

Maria Dias disse...

...O tal do curriculum...Temos sempre que provar que somos capazes.

Beijo e bom fim de Domingo

Maria Dias

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Daniel:
Já postei o seu poema. Pus uma imagem. Vem vê-lo e me diz o que achou.
Um beijo,
Renata

daniel disse...

Renata

Como não havia de gostar? Já está afirmado no teu post.
Volto a agradecer e deixo beijinho.
Daniel

GUILHERME PIÃO disse...

Não sou muito chegado em poema, mas deste eu gostei,parabéns.
Abraços

Pingo de Mel disse...

Muito interessante o poema e o blog

Hermínia Nadais disse...

O essencial é invisível aos olhos, dizia alguém. è um facto.
Muito sucesso!

Quase Trinta disse...

adorei...
a minha parte preferida foi.. "a própria modéstia constrangia-me"

Laura disse...

Olá, se o curriculum já naquele tempo era necessário e tinha de ser provado a cem por cento (agora qualquer um faz o seu e bota lá mais isto e aquilo e eles acreditam, só pedem um papel a confirmar, ou outro...já s einventam Diplomas de tal escola, o pc consegue por tudo a jeito..mas naquele tempo nã senhora, era preciso mesmo ter aquilo em ordem!... Beijinhos.

NAELA disse...

Daniel o teu poema diz tudo, alias é necessario progredir, na vida tudo é feito a passo e conhecimento!
Beijo terno

Sandra Daniela disse...

Curriculum cheio de palavras verdadeiras!!


beijinho

Xinha disse...

Porque todos somos mais do que aquilo que vemos...
Gostei. Muita sinceridade nas palavras...

Xi-coração

o que me vier à real gana disse...

A poesia em alta! É a filosofia estética a reinar.

Laura disse...

ahhh dizes que nem que te matem? não avanças com as caretas de quem possam ser as fotos? tão homem, já me ri tanto contigo, já deram opiniões, bota lá palavrinha e diz quem te parecem ser... ahhhh Beijinhos.

daniel disse...

Laura

Não queria, tão óbvios me parecem! Ri e fiquee entusismado, espero que ninguém se ofenda ouviram?
De resto, por muito belas que sejam, creio que não as desfavoreceste, as muleres, claro!
Lá vai: Zé do Cão, Maria Soledade, Africana, Parisiense, Pascoalita e a Zélia, cujo blogge dá pelo nome de "mundo azul."
Agora vais prometer, não tirar desforço, ouviste?
Ai!...Só esta miúda!...
Beijinhos,
Daniel

Maria Laura disse...

Interessante poema. Sobre muitas realidades.

Ana Martins disse...

Olá Daniel,
Plagiando a Marta, o poema é deveras interessante, e o que o torna mais interessante ainda é sentir nele a veracidade das palavras.

Gostei muito, beijinhos

xistosa - (josé torres) disse...

Amigo Daniel

Custou mas foi.
Tenho o anti vírus que me "limpa" tudo a partir das 23 horas.
Hoje a Net está uma desgraça e só agora é que consegui abrir os comentários, porque quando tentava, o computador ficava encravado.
Já no "Claras Manhãs" me sucedeu o mesmo.
Mas o que interessa é que consegui abrir a porta.

O "Curriculum", agora é o conhecimento ou cunha que se tem na entrevista.
Qualquer concurso com uma entrevista, já está viciado para um amigo(a).
Antigamente tinha o valor duma profissão e dum trabalho.
Depois tínhamos que prová-lo e daí a subida na carreira, ou a estagnação.